quinta-feira, 10 de abril de 2008

FILME SOBRE A VIDA E A OBRA DE H.DOBAL MOSTRA VISÃO DE CRÍTICOS SOBRE O ESCRITOR PIAUIENSE

Assisti ao filme H.Dobal, um homem particular, escrito, fotografado e dirigido pelo cineasta Douglas Machado.
O trabalho cinematográfico sobre a vida e a obra de Hindemburgo Dobal Teixeira reforça a idéia de que o homem se torna cada vez mais universal quando se volta para as origens.
A poesia telúrica e elegíaca do escritor piauiense que, no dizer de Ivan Junqueira, passou ao largo de todas os modelos identificados pela Teoria Literária desde 1922, descreve a aridez do sertão, resgata as reminiscências da infância e dá uma contribuição antropológica à historiografia piauiense.
O filme de Douglas Machado nos presenteia com um depoimento do diplomata, poeta, ensaísta, memorialista e historiador Alberto da Costa e Silva, filho do nosso poeta maior, Da Costa e Silva. Ele comenta a obra de H.Dobal, enquanto nos remete à mística que envolve o nome do Príncipe dos Poetas Piauienses.
Outros importantes nomes da literatura e da crítica piauiense e até brasileira, também aparecem no filme, entre eles: Cinéias Santos, M. Paulo Nunes, João Cláudio Moreno, Paulo José Cunha, entre outros. Revi, no filme, uma ex-colega de trabalho em Parnaíba, Luri Almeida, a recitar um poema de Dobal.
H.Dobal, um homem particular é uma bela contribuição ao meio acadêmico e à posteridade.

3 comentários:

Paulo_Guitar's disse...

Nada mais justo q um filme para nosso ilustre poeta.
parabens pelo blog carvalho

Paulo_Guitar's disse...

Nada mais justo q um filme para nosso ilustre poeta.
parabens pelo blog carvalho

Anônimo disse...

muito boa a iniciativa de fazer vir ao conhecimento algo sobre a obra de um dos maiores poetas piauienses - do nordeste também - já que um dos maiores pecados que podemos cometer contra a cultura é relegá-la ao esquecimento. Parabéns.